Julho 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário


Técnicas Gerais de Manejo - Curió

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Técnicas Gerais de Manejo - Curió

Mensagem por Criador De Pássaros em Sex Jul 12, 2013 9:06 pm

Técnicas Gerais de Manejo - Curió


Varias são as condições que podem favorecer a instalações de doenças nos criatórios de pássaros como, sujeira, poeira, excesso de umidade, superpopulação, má nutrição, parasitismo interno ou externo, uso descontrolado de antibiótico, correntes de vento, introdução de aves doentes, etc. porem com medidas simples podemos evitar a contaminação e até a proliferação de doenças entre os pássaros do criatório.

► Água: Deve ser trocada todos os dias para evitar o aparecimento de fungos e germes. É necessário fazer a limpeza periódica dos bebedouros com água corrente retirando os depósitos de sujeira e pontos pretos de fungo; a limpeza é feita deixando o bebedor de molho por 20 minutos em recipiente com água misturada com um pouco de água sanitária, enxaguando e secando bem para reutilização.

► Comedouros: Os Comedouros usados com alimentos secos devem ser lavados periodicamente. Restos de rações e sementes podem fermentar e facilitar a proliferação de fungos, os fungos produzem toxinas (micotoxinas) que podem intoxicar os pássaros e até causar a morte se ingerida por um período muito logo.Comedouros que levam alimentos úmidos (ovo, verduras, etc.) devem ser lavados todo dia, pois são alimentos perecíveis.

► Viveiro ou gaiolas: A Limpeza dos viveiros e gaiolas devem ser feitas diariamente, removendo os dejetos e restos de alimentos das aves acumulados no fundo do viveiro ou gaiola. Faz se necessário realizar periodicamente a limpeza dos poleiros, retirando as fezes acumuladas. As fezes acumuladas por muito tempo nos fundos de gaiolas e viveiros fermentam e são grandes causadores de doenças entre as aves.

► Banheira: Os curiós necessitam tomar banho de tempos a tempos. A água do banho deve ser mudada todos os dias, mesmo quando não pareça estar suja. Se constatar que a sua ave não toma banho, pode tentar borrifá-la com um borrifador de plantas com jatos muito finos. Ocasionalmente, só deve fazer isto com temperaturas agradáveis, para que a ave não fique doente.

► Armazenamento dos alimentos: O correto armazenamento é fundamental para a evitar a proliferação de fungos e germes patogênicos entre as aves, devendo ser mantidas as condições de temperatura, ventilação, higiene e rotatividade dos estoques, para garantir seus prazos de validade. A estocagem da ração não deve exceder por mais de 30 dias.

► Viveiros ou Gaiolas: Os viveiros ou gaiolas devem ser espaçosas e fáceis de limpar, com bebedouros, comedouros e uma banheira para as estações de calor:Localização dos viveiros - Os viveiros devem ser localizados em locais calmos livres de ruídos intensos, protegendo-o dos ventos e calor extremos (sol direto).

► Poleiros: O poleiro ideal é o de madeira, preferencialmente galhos naturais, os poleiros devem ser fixos e bem distribuídos e nunca usar poleiros com bordos retos, lisos ou ocos, para um maior conforto ás aves.

► Gaiolas e Viveiros: As medidas básicas variam para cada espécie de aves (Tabela 1), o comprimento é o mais importante devido a capacidade de voo da ave. Gaiolas ou viveiros maiores com maior quantidade de alimento e água geram menos estresse e menor índice de mortalidade.

► Bebedouros e Comedouros: Existe uma variedade muito grande de cores, formas e resistências dos materiais que os compõem, sendo: Plástico, porcelana branca, alumínio e barro. Os bebedouros e comedouros devem ser posicionado corretamente ao viveiro, evitando colocar embaixo dos poleiros, pois as aves defecam no alimento e na água, ingerindo-as posteriormente.

► Desinfecção de Gaiolas e Viveiros: Em qualquer tipo de criação em que tenhamos animais aglomerados ou confinados, devemos ter o cuidado para que não ocorra a proliferação de doenças, e com isso evitar uma epidemia dentro do criame de pássaros. Para tanto, devemos estar sempre alertas e limpar as gaiolas e viveiros, diariamente.

A limpeza diária com a remoção das fezes, água e restos de alimentos faz-se obrigatório, mas devemos nos ater ao fato que, assim que houver uma mortalidade inexplicável ou qualquer sintoma de doença, obrigatoriamente isolamos a ave e procedemos à desinfecção da gaiola ou viveiro.

► Os desinfetantes mais recomendados a desinfecção de criatórios de aves são aqueles à base de amônia quaternária e glutaraldeído. Antes da aplicação desses produtos deve-se fazer uma limpeza removendo matéria orgânica, ou seja, fezes, restos de alimentos, etc.

Existem alguns tipos de enfermidades, como as parasitárias, por exemplo, que não são eliminadas com o uso de desinfetantes, pois, possuem uma forma de sobrevivência no ambiente que são os cistos ou ovos. Para este tipo de problema, é importante o uso da vassoura de fogo e o descanso das instalações.
avatar
Criador De Pássaros
Admin
Admin

Mensagens : 92
Data de inscrição : 23/02/2013

Ver perfil do usuário http://clubedascalopsitas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum